Moringa – 6 Incríveis Usos que Você Deveria Conhecer

Moringa – 6 Incríveis Usos que Você Deveria Conhecer!

Revisado por

Nutrição e Educação Física pela UFT

Especialista do Moringa

Moringa – Incríveis Usos que Você Deveria Conhecer, pois a moringa é uma das plantas mais poderosas em vários nutrientes. Alem disso, a Moringa oleifera é uma árvore nativa do sul da Ásia e encontrada em todos os trópicos atualmente.

Suas folhas foram usadas como parte da medicina tradicional por séculos e o sistema ayurvédico da medicina a associa à cura e prevenção de cerca de 300 doenças.

A moringa, às vezes chamada de “árvore milagrosa”, “árvore baqueta” ou “árvore de raiz forte”, tem folhas pequenas e redondas que contêm uma quantidade incrível de nutrientes.

Não é de surpreender que tenha sido usada medicinalmente (e como fonte de alimentação) há pelo menos 4.000 anos.

O fato de que a moringa cresce rápida e facilmente faz com que ela seja interessante principalmente nas regiões pobres, e tem sido usada com sucesso para melhorar a ingestão de nutrientes em países como Malawi, Senegal e Índia.

Nessas áreas, a moringa talvez seja o alimento mais nutricional disponível, e pode ser colhida durante todo o ano.

Valor Nutricional da Moringa:

Os benefícios da Moringa oleifera derivam da alta concentração de nutrientes bio disponíveis; contém altos níveis de vitamina A (betacaroteno), vitamina B1 (tiamina), vitamina B2 (riboflavina), vitamina B3 (Niacina), vitamina B6 (piridoxina), vitamina B7 (biotina), vitamina C (ácido ascórbico), vitamina D (colecalciferol) e vitamina E (tocoferol). Conheça os vários usos da moringa para saude.

Sementes de Moringa:

As sementes da Moringa são retiradas da vagem e contêm um pequeno grão. A semente contém 30-40% de gorduras, maioritariamente gorduras saudáveis.

Desta parte da planta é retirado o óleo, considerado um dos óleos vegetais mais balanceados a nível de gorduras e um dos mais ricos que a natureza oferece. As sementes podem ser consumidas assadas ou cruas em saladas.

Flor da Moringa:

A delicada flor branca de Moringa também é edível e tem alto valor medicinal. Além da utilização para motivos de decoração é um afrodisíaco natural, podendo ser fervida em água e consumida como infusão, bebida fria, em saladas ou mesmo para decoração em pratos gourmet.

Casca da Moringa:

A casca do caule é utilizada para curar doenças dos olhos e para o tratamento de pacientes com delírios, prevenir formação de gânglios linfáticos no pescoço em pacientes com tuberculose. Da casca é também extraída a fibra e utilizada em artesanato.

Folhas de Moringa:

Têm alto valor nutricional e são utilizadas como multivitamínico, poderoso anti-inflamatório e antioxidante natural.

As folhas são retiradas da árvore e podem ser utilizadas na cozinha da mesma forma que muitos outros vegetais.

Uma vantagem é que podem ser colhidas durante períodos de seca, quando nenhum outro vegetal é encontrado. Após secagem pode ser utilizada em infusões.

Vagem da Moringa:

Considerada o fruto de Moringa, a vagem pode ser consumida crua quando jovem ou cozinhada como qualquer outro legume.

No seu estado mais maturo tem um sabor semelhante ao espargo fresco e pode substituir outros vegetais em receitas.

Raiz de Moringa:

A moringa pode plantar-se em canteiros, como uma hortaliça, e quando a planta atinge cerca de 30 centímetros, arranca-se o pé e extrai-se a raiz para consumo alimentar.

A seiva e a raiz, têm todas as vitaminas da planta em grandes concentração, podendo ser comidas em saladas e refogados.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Alan Costa

Sou nutricionista e Personal Trainer. Me formei pela Universidade Federal do Tocantins em 2002, com registro profissional no CRN-4 nº 1509723, tenho especialização em Nutrição Esportiva, Treinamento Físico e treinos Curto de alta intensidade.